expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 31 de maio de 2013

31.05.2013 - Não tem preço...

Sabe quando alguém fala que não tem preço!

Se está falando que o que se sente é tamanho, que fica difícil racionalizar com um número específico.

Bem, só lembrei disto, pois o meu foi um destes momentos que não tem preço...

Hoje pela manhã, como de costume a Manu acordo. Eu troquei a fralda e dei a mamadeira.

Quando ela terminou, me entregou a mamadeira e seguro meu com das duas mãos e voltou a dormir.

Linda...

Por volta de dez horas e acordou, sentou na cama e perguntou pelo papai... Respondi que estava trabalhando.

Então, na sequência como de costume. Perguntou: mamãe? Querendo saber minha agenda.

Respondi: a mamãe ta de folga e vai ficar com a Manu.

Ela simplesmente vibrava como se tivesse escutado um gol. E gritava: ehehehe!!!

Me apaixonado cada vez mais...

Depois passamos o dia nos curtindo, brincamos de tudo, fizemos comida, lavamos louça...

Um dia simplesmente, simples, porém extremamente especial.

E vamos combinar, isto não tem preço..

Nenhum comentário:

Postar um comentário